Blog

Ser consultor imobiliário em tempos de pandemia.

Vivemos tempos diferentes.
Trabalho há mais de 8 anos como consultora imobiliária, e há mais de 20 anos na área dos serviços. Sempre assentei o meu trabalho no contato pessoal, nos relacionamentos que se querem duradouros, no reforço de relações de confiança.
Sempre conversei, reuni, ouvi, para conhecer e servir os meus clientes.
Como fazer agora?
São realmente tempos diferentes.
É preciso #ficaremcasa em isolamento social.
Não posso estar, conversar, ouvir pessoalmente os meus clientes.
Não posso abrir, para aquela familia que procura uma casa ao pé da praia, aquela janela da casa na Foz, onde à tarde entra o calor do sol e de onde se vê o mar.
Não posso ir bater à porta, de cada apartamento naquele exato prédio, onde a cliente Margarida quer morar, à procura de alguém que queira vender.
São realmente tempos diferentes.
Como fazer agora?
Serão tempos para me reinventar? Tempos para melhorar, para estudar, para formar?
Tempos para planear o futuro, mais ou menos próximo?
Tempos para servir, com um trabalho diferente, quem hoje precisa da minha ajuda?
Muitas têm sido as orientações, dicas e conselhos sobre como orientar o trabalho de um consultor imobiliário em tempos de pandemia. Como conjugar o trabalhar em casa, com o cuidar dos filhos e toda a dinâmica familiar agora intensa. Como manter o negócio em andamento.
O que retiro de tudo isto? O que sinto realmente que devo fazer?
Sei que estes tempos “diferentes” não vão durar para sempre.
Sei que as pessoas vão continuar a precisar de mudar de cidade, de emprego, de família, de casa.
E todas essas decisões e necessidades estão, nesta fase, suspensas … em standby.
Porque um valor maior se levanta, há que adiar a mudança, a compra, a venda, os planos, as visitas.
Porque agora temos todos que #ficaremcasa.
Adiar … até ao dia em que possamos novamente reunir, conversar pessoalmente, percorrer as ruas, visitar as casas e tomar decisões.
Até lá … tanto para fazer! Eis os meus planos para os próximos dias … (meses?) …
Acompanhar, fechar, ajudar e concluir todos os processos daqueles que, apesar da pandemia, precisam mesmo de comprar ou vender a sua casa;
Fazer uso da fantástica tecnologia que temos à disposição para estar em contato telefónico, por video chamada, mensagem, com todos aqueles que me são queridos: amigos, colegas, familia, clientes, desde os de longa data aos mais recentes, vizinhos e todos aqueles que, possivelmente hoje não tem nenhum imóvel para comprar ou vender mas poderão precisar da minha ajuda – quer para alguma questão imobiliária, quer para algum auxilio com compras ou gestão familiar. São tempos diferentes! … E temos de nos ajudar, uns aos outros, para o bem e saúde de todos!
Aprender! Formar! Estudar! – marketing digital, gestão de tempo, neuromarketing, fiscalidade, legislação, design gráfico, fotografia e video, … são tantos os temas a aprofundar que tenho a certeza que não vou ter tempo para tudo 🙂
Analisar os últimos valores de mercado. Serão diferentes depois da pandemia, decerto, mas estudar com profundidade, por localização, tipo de imóvel, características, os valores e comportamento do mercado dos últimos meses, permitirá antever tendências pós-pandemia e identificar desde já comportamentos e segmentos diferentes.
Desenvolver e melhorar as minhas ferramentas de marketing. Há tanta coisa ainda por dizer! Por mostrar! Por divulgar! Apostar em ferramentas com bom conteúdo, com informação util e detalhada, que permita aos meus clientes conhecer o mercado e o meu serviço em detalhe, de modo a garantir que, quando for o momento, serão capazes de tomar a melhor decisão.
Servir, estar disponível, estar presente e continuar a fazer aquilo que realmente me dá prazer: contribuir para a realização dos sonhos dos meus clientes (mesmo quando uma pandemia obriga a adiar alguns desses sonhos, por um momento …) Porque na verdade #adorofazerparte

Fique em casa. Lave as mãos. Evite o contato social. #FIQUEEMCASA