Blog

Que preços encontra quem quer comprar casa em Matosinhos?

Ainda sobre a evolução dos preços no mercado imobiliário:

Que preços encontra quem quer comprar casa em Matosinhos?

Ainda no âmbito da análise dos dados sobre as vendas imobiliárias realizadas pela Remax até ao final de Junho, e agora analisando o comportamento das freguesias do concelho de Matosinhos as conclusões são as seguintes:

  • A freguesia de Matosinhos e Leça da Palmeira é a que apresenta preços mais elevados, ultrapassando o preço médio por m2 de 3.000€ (T4 / 1º trimestre 2020);
  • O preço médio por m2 para todas as tipologias está muito próximo dos 2.000€ (1.912€);
  • Não tipologias T1 a T3 não se verifica descida de preços face a 2019; apenas na tipologia T4 se nota uma significativa descida mas, alerto que se trata de uma análise de valores médios pelo que, o fato de a amostra de T4’s ser reduzida leva a oscilações significativas na análise dos valores médios (o valor médio no semestre de 2020 é de 2.325€ face a 2.375€ em 2019)
  • Em Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, o preço médio por m2 é significativamente inferior a Matosinhos e Leça da Palmeira (1.175€ para todas as tipologias).
  • Também aqui não se verifica oscilação significativa dos preços, com excepção das moradias, onde o preço médio cresceu de 1.050€ para 1.525€/m2.
  • Em Custóias, Leça do Balio e Guifões, o valor médio/m2 situa-se nos 1.209€, no período em análise;
  • Também aqui não se verifica redução de preços em 2020 face a 2019.
  • Em S. Mamede de Infesta e Senhora da Hora encontramos os segundos preços por m2 mais elevados do concelho de Matosinhos;
  • Os preços apresentam-se relativamente estáveis face a 2019, denotando-se uma tendência para o crescimento nas tipologias de maior dimensão (T4’s e moradias) 

Em resumo e sobre o concelho de Matosinhos:

  • Em termos gerais verifica-se uma manutenção dos preços médios de mercado, no final do 1º semestre de 2020 face a 2019;
  • A freguesia de Matosinhos e Leça da Palmeira é a que apresenta os preços mais elevados;
  • É na união de freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo que se encontram as casas mais baratas do concelho;
  • A procura crescente por moradias parece estar a provocar um aumento dos preços deste tipo de imóveis: no concelho o preço médio/m2 das moradias cresceu de 1.096€/m2 para 1.391€/m2.

A precisar de mais informação sobre preços e tendências do mercado imobiliário no Grande Porto?

Contacte-me!

Lia Senra | +351 929 261 237 | lsenra@remax.pt